Antes da Linha do Horizonte

Éliphas Lévi

 

 

O hábito de adiar o encontro com a verdade faz com que a mentira tenha vida longa. E a convivência com a mentira gera desvios e inconseqüências que produzem sofrimentos e violência.

A sociedade na Terra está sendo vítima das mentiras individuais dos homens. Que retardam sistematicamente a própria paz de espírito, desenhando a verdade sobreposta à linha do horizonte, que se afasta de modo angustiante. O senso de responsabilidade vai, assim, sendo consumido de modo a deixar a humanidade atônita com a expansão da falta de amor.

Não se pede sacrifício algum aos homens. Apenas que procurem entender mais sobre si mesmos, na busca da verdade que permita o apuro de seus erros. Que olhem para seus familiares e amigos e vejam neles o motivo para serem pacíficos e amorosos. Pois ninguém construirá o valor de seus espíritos, sendo essa uma tarefa que lhes cabe pelo próprio esforço. Meditem e entendam as palavras de Jesus sobre o amor e a caridade. Tornem-se homens especiais nesse mundo conturbado em que vivem. Façam-se amados porque souberam praticar o amor e a compaixão.

Não adiem mais a busca pela verdade. Pois os homens vêm se conflitando por acharem que é mais fácil os outros fazerem por eles. E a verdade passou a ser efêmera, tendo pernas curtas.

Estamos no limiar de profundas mudanças na Terra, cujos acontecimentos projetam-se dentro de muitos anos, porém antes da linha do horizonte. Elevem-se pelo amor próprio e pela autoestima, para que possam ter o mérito da paz. Pois Deus já lhes proporcionou várias chances não aproveitadas, e tudo que conseguirem em pouco tempo significará muito. Trabalhem incansavelmente, para preencherem seus espíritos com a luz da inteligência e da razão. Pois nos tempos que se aproximam tanto encarnados quanto desencarnados prestarão conta de seus atos na Terra e no campo espiritual em torno dela. Não haverá fuga ou desculpas, nem lugar para se esconder. Os próprios homens se julgarão por suas escolhas.

 

voltar-