Sobre os centros de energia do corpo humano,

os 'CHACKRAS' ...

Confira os sete maiores centros de energia de nosso corpo... 

 chackra básico    -    chackra esplênico    -    chackra umbilical    -    chackra cardíaco

chackra laríngeo    -    chackra frontal    -    chackra coronário

 

Os corpos sutis e os chacras:

As glândulas a que se ligam os chacras:

Os chacras e o desenvolvimento dos sentidos:

Os chacras e o sistema nervoso:

 

Veja as correntes de vitalidade que ligam os chacras, por onde a energia fluí:

 Chacras = rodas de energia: são vórtices localizados no duplo etérico cuja função é a de manter o corpo vivo, através do influxo de energia.

Eles se dividem em três grupos:

 

 

Inferior

Médio

Superior

 

Fisiológico

Pessoal

Espiritual

Chacras

1 e 2

3, 4 e 5

6 e 7

 

Função

Transferir ao corpo forças provenientes do plano físico

Relacionados às forças que o Ego recebe por meio pessoal

Rege as glândulas pituitárias e pineal

 

 

Primeiro Chacra: Básico

O Chacra básico localiza-se na base da coluna dorsal e é definido como o chacra que governa a compreensão da dimensão física. É o Chacra que mantém a pessoa na terra, os pés bem plantados no solo: é pragmático, ultra-realista, o chakra da sobrevivência – responsável por nosso equilíbrio e atitudes em relação à luta ou fuga.

Exterioriza-se como a glândula supra-renal e também governa o funcionamento dos rins e coluna vertebral. É esotericamente percebido como laranja.

 

Segundo Chacra: Esplênico

É o chacra esplênico, sexual, o chacra da criatividade, localizado nos órgãos reprodutores (os ovários na fêmea e os testículos no macho). Sua cor é o rosa, e governa as atitudes criativas nos relacionamentos, sexo e reprodução.

 

Terceiro Chacra: Umbilical

Está localizado no plexo solar. Sua exteriorização glandular manifesta-se no pâncreas e governa a ação do fígado, estômago, vesícula, baço e certos aspectos do sistema nervoso.

Este chacra é uma espécie de câmara de compensação para as sensibilidades emocionais e questões de poder pessoal. Sua cor é vista como verde.

Este terceiro chacra proporciona a todos nós mais problemas do que qualquer outro, porque é essencialmente a “sede da vida emocional”.

Quando as emoções estão em desequilíbrio decorrem úlceras, problemas digestivos e males do fígado, baço e pâncreas. As polaridades de energia positiva e negativa localizam-se no chacra do plexo solar que, quando equilibrado é bipolarizado, significando que o positivo (masculino Yang) e o negativo (feminino Yin) estão perfeitamente harmoniosos.

Quando uma pessoa cruza os braços na frente do plexo solar, está bloqueando a energia deste equilíbrio potencial, ao adotar uma postura defensiva, ou, colocando de outra maneira, está protegendo seus sentimentos ao cruzar os braços.

 

Quarto Chacra: Cardíaco

É chamado de chacra do coração. Sua exteriorização glandular manifesta-se no timo. O quarto chacra governa o coração, sangue e sistema circulatório. Exerce uma forte influência sobre o nervo vago, localizado no cérebro, e também governa os sistemas imunológico e endócrino.

Sua cor geralmente é vista como amarelo, dependendo do nível de perspectiva do clarividente.

A palavra sânscrita para o centro do coração é “ANAHATA”. Significa “aquilo que é sempre novo, aquilo que sustenta a si mesmo”.

Quando meditamos sobre este chacra, a palavra básica é aceitação dos outros e aceitação do amor do “eu interior”. Diz-se com freqüência que falamos com Deus quando oramos. A meditação é quando Deus nos fala através do Deus interior, via os centros de energia de comunicação. Alcançar a verdadeira meditação sobre todos os chacras é um caminho para encontrarmos a paz interior.

 

Quinto Chacra: Laríngeo

É o chacra da garganta. Seu ponto focal de atividade é a glândula tireóide, e governa os pulmões, cordas vocais, brônquios e metabolismo. É geralmente visto como azul claro. É o centro não apenas da expressão e comunicação, mas também do julgamento.

 

Sexto Chacra: Frontal

Localiza-se no centro da testa. É mais conhecido como o terceiro olho e exterioriza-se como a glândula pituitária. Sua cor é geralmente vista como índigo – uma cor profunda e vibrante composta de vermelho e azul.

Primariamente governa o cérebro inferior e o sistema nervoso, ouvidos, nariz e olho esquerdo, que é o olho da personalidade.

Idealismo e imaginação concentram-se no sexto chakra, que também reflete a visão interior e governa a expressão exterior dessa visão interna. Os místicos dizem que para se ter acesso a um potencial ilimitado de pensamento é necessário estimular a pituitária. Focaliza o terceiro olho e permitem que sua visão interior seja ilimitada.

 

Sétimo Chacra: Coronário

Ou chacra coroa, está localizado no topo da cabeça. Sua cor é vista como violeta ou às vezes branca. Exterioriza-se como a glândula pineal e governa o cérebro superior e o olho direito. Dentro do chacra coroa estão os equivalentes a todos os outros chacras. É o chacra que fala, em combinação com todos os outros chacras à consciência ilimitada e propósito divino.

É através deste chacra, que a pessoa alcança, em última análise, o sentimento de integração com Deus.

Os três chacras superiores formam o que é conhecido como TRIÂNGULO DOURADO, que representa uma tríade de energia refletindo a perfeição da harmonia cósmica de uma maneira equilibrada, que então impregna o sistema neurológico ou nervoso, dentro do corpo humano.

Ocorre uma espécie de efeito de bombeamento esotérico, pelo qual as três energias cósmicas harmoniosas são “ordenadas” por todo o sistema de chacras até o chakra raiz que ancora a harmonia e assim proporciona um sentimento de segurança.

Reforçada dessa forma, a energia cósmica torna a subir pelo sistema de chacras, até alcançar de novo o chacra coroa, concluindo o ciclo. Pode-se dizer que a energia está ligada, operando em circuito fechado.

Infelizmente na maioria de nós, o retorno da energia cósmica através do sistema de chakras é bloqueado pelo chacra sexual ou pelo chakra do plexo solar, (em nossos fortes sentimentos de atração/privação, amor/posse, necessidade/poder), e assim por diante.

O problema não é saber se estamos ou não absorvendo as energias cósmicas. Estamos. Mas tendemos a impedir que o circuito de força seja completado, permitindo que as energias fiquem retidas no segundo e terceiros chacras.

Meditar sobre esses centros de energia ajudará a eliminar o bloqueio. Os resultados são muitas vezes espantosos.

 

Ao desenvolver os chacras podemos:

 

Chacra Básico (1o) – sua atividade desperta os outros chakras.

 

Chacra Esplênico (2o) – permite recordar as viagens astrais. Nos dá a sensação de voar pelos ares.

 

Chacra Umbilical (3o) – nos dá a faculdade de perceber as sensações (influências astrais). Boas e hostis.

 

Chacra Cardíaco (4o) – capacita receber e compreender as vibrações das entidades astrais. Adquirimos a sensibilidade para perceber instintivamente as alegrias e tristezas dos outros. Simpatia às dores alheias.

 

Chacra Laríngeo (5o) – permite-nos ouvir vozes/música e outros sons agradáveis. Audição no plano astral.

 

Chacra Frontal (6o) – desenvolve a clarividência. Visão microscópica e ver aumentado objetos físicos invisíveis. Permite visualizar lugares e pessoas distantes.

 

Chacra Coronário (7o) – com seu desenvolvimento o Ego pode sair e deixar conscientemente o seu corpo. Completa a vida astral e aperfeiçoa suas capacidades.

 

 

Quadro prático dos sete Chacras:

 

Nome em Sânscrito

Nome em português

Posição corpo humano

Cores básicas

Número de pétalas

Mantra Respectivo

Relacionado aos Sentidos

Relacionado aos Elementos

(7o)

Sahashara

 

Coronário

Alto da

cabeça

 

Violeta

 

1000

 

Sham

 

Consciência

 

Universal

(6o)

Ajna

 

Frontal

Entre sobrancelhas

Azul escuro

 

96

 

Om

Intelecto Superior

 

Unificador

(5o)

Vishuddha

 

Laríngeo

Frente garganta

Azul claro

 

16

 

Ham

 

Audição

 

Éter

(4o)

Anahata

 

Cardíaco

Próximo coração

Amarelo

 

12

 

Yam

 

Tato

 

Ar

(3o)

Manipura

 

Umbilical

Próximo umbigo

Verde

 

10

 

Ram

 

Visão

 

Fogo

(2o)

Swadhistana

 

Esplênico

Próximo órgãos sexuais

Rosa

 

06

 

Vam

 

Paladar

 

Água

(1o)

Muladhara

Raiz/básico

Base espinha dorsal

Laranja

 

04

 

Lam

 

Olfato

 

Terra

 

Explicação sobre chacras

 

Explicações sobre chacras - parte II

 

Explicações sobre chacras - parte III

 

 

FRATERNALMENTE   

voltar -